O que não pode faltar no pós-treino


A principal chave para redução de gordura corpórea ou ganho de massa magra é sem dúvidas a alimentação. Durante o esforço físico o seu músculo sofre desgaste e deverá se recuperar até 72h após o treino. A alimentação adequada no pós-treino fornece os nutrientes necessários para uma boa recuperação do tecido muscular.

O QUE NÃO PODE FALTAR NO PÓS-TREINO

Para a recuperação do tecido muscular é essencial a ingestão de alimentos fontes de proteínas. Além da proteína deve-se ingerir uma quantidade de carboidratos, a fim de repor as reservas de glicogênio que estão esgotadas, para que o corpo passe a sintetizar moléculas (anabolismo) e não quebrá-las (catabolismo).

Para isso, vamos conhecer um pouco mais sobre as proteínas e os alimentos que devem ser consumidos:

  1. Entenda a proteína

A proteína é uma macromolécula presente em todo o organismo realizando funções diversas. No músculo ela tem função estrutural e pode ser passiva de hipertrofia, ou seja, de crescer em tamanho. Durante o exercício físico o musculo sofre desgaste, o que induz à sua recuperação, para isso o tecido exigirá substâncias (aminoácidos) para sintetizar novas proteínas, que serão encontradas nos alimentos que você ingeriu após o treino.

A preocupação com o pós-treino deve ser considerada todo tempo, visto que a recuperação do tecido muscular gira em torno de 72 horas após o treino, portanto o cuidado com a alimentação deve ser constante.

  1. O que comer?

Basicamente a combinação de carboidrato com proteína. Veja a seguir:

  • 2 fatias de pão integral + 1 colher de sopa de requeijão light + 3 colheres de sopa de frango desfiado
  • Omelete de frango: 3 claras + 1 gema + frango desfiado
  • Filé de frango + 3 opções de legumes + 3 colheres de arroz integral
  • Vitamina: leite desnatado + iogurte desnatado + 1 banana
  • 2 fatias de pão integral + ricota ou cottage + frango desfiado
  • Ovos mexidos + batata doce
  • 3 colheres de sopa de arroz integral + patinho moído + salada verde à vontade
  1. O que ingerir após o treino: alimentos ou suplementos?

Os suplementos vêm ganhando força e uma fama de herói. Mas será que vale essa fama? Bom, os suplementos são uma fonte prática de proteínas e realmente trazem resultados. E os alimentos também.

Entenda, os suplementos chegaram a uma fase em que você chega a pensar: “Se eu não tomar suplementos não conseguirei atingir meus objetivos”. E não funciona assim, pois os alimentos também contém fontes seguras de proteínas, carboidratos e outros nutrientes, e não devemos considerar somente o suplemento como fonte desses macronutrientes.

Além disso, os alimentos representam uma fonte mais saudável de nutrientes, visto que são isentos de corantes, conservantes e outras substâncias tóxicas. Mas se você faz uso de suplementos e se sente confortável, ótimo. As duas fontes são boas, cada uma com seus prós e contras.

“Gostou da dica?Então compartilhe clicando num dos botões abaixo”.

seta


Comentários

Comentários

Olá  Muito Bem Vindogostaria de Receber um Ebook grátis;guia para perder a barriga e ganhar músculos ultra definidos? 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *